27 agosto 2009

última hora

Procura-se novo visual aqui para o tasco.
Oferece-se recompensa avultada: um abraço apertado à distância e um beijo solto no ar que eu não quero cá confianças. Se for lá já sou capaz de querer.
Muito obrigada e voltem sempre.
A emissão será retomada dentro de breves momentos. Mas não se promete nada!

26 comentários:

Samuel Alabastro disse...

Também...o que é que tu poderias prometer? Fotos manhosas? Palavras sem nexo? Deixa estar assim o tasco que está muito bem...ou então, faz-lhe um brushing e aplica-lhe umas unhas de gel...

Foda-se, tu não ligues - amiga à distãncia de um abraço solto no ar à distãncia de um beijo apertado...

Pá, isso...ao contrário. Sem confianças é claro, que a gente não se conhece! HAHAHA

Artur disse...

K, malta como eu, que usa o Google Reader, nem se apercebe do visual do tasco. Queremos é sumo :-)

K disse...

Samuel, ui! Isso ao contrário até se me arrepiou a nuca! Ai que desce por mim abaixo um arrepio!
Mas sem confianças que eu nem te conheço de lado algum e isso dos beijos apertados...ia dizer que não se dá a qualquer um mas esquece lá isso! É que acabam sempre a ser qualquer um!!!!

Artur, por vezes é necessário férias para regressarmos revitalizados! Sendo muito sincera sentia-me um pouco saturada. De muitas coisas. E quando temos que renascer, bem, que seja em tudo. Por isso até conseguir novo visual vais ter que esperar. Preciso mesmo. E o que tem que ser tem muita força! Olé!

(vamos ver é se me mexo, porque a ideia de um novo visual....bem....já tem um par de anos! ó mulher tu não acordes para a vida que não é preciso)

Zorze disse...

Já estou a ver:

No cabeçalho e recorrendo ao Photoshop, colocas a palavra Gatilho na verical e aconchegas a mesma com o teu generoso peito - é um look muito Ibérico, né?

(*** lóviú)

K disse...

Zorze, amore mio, continuas tão parvalhão!! Mas afinal é mesmo por isso que te gosto tanto! (tenho saudades tuas homem!)
No entanto, eu não tenho peito, tenho é mesmo mamas!! E como não me apetece chegar ao número um do ranking dos blogues portugueses mais visitados vou ignorar a tua sugestão! Mas eu sei que era coisa para tu gostares e estares sempre a visitar aqui o meu tasco!

Samuel Alabastro disse...

Arrasaste-me!

Samuel Alabastro disse...

:)

K disse...

Mas arrasei-te porquê? O que é que eu fiz?!

Zorze disse...

Samuel, a gaja é bem boa, mas também já devemos ter comido melhor...

K disse...

Pois, amore mio, terias que de provar para averiguar tal hipótese e como bem sabemos tal te está vedado. Contudo, acredito que até pudesse ser verdade.

já te disse que gosto muito de ti?

beijos intervalados como tu gostas

Inconstante disse...

tás lixada K, com estes gajos não vais a lado nenhum amiga

boa sorte na mudança..que a gente muda só porque sim

Samuel Alabastro disse...

Zorze & K

Deve ser boa, ai deve deve... Boa para andar ao estalo, emborcar jolas e mandar uns valentes arrotos em cima da mesa...

E depois, voltar a dar uso ao bícepe...

Comemos melhor e desconfio que também já comi pior...mas também não me fez mal.

Esta mulher é pior que Napalm!

:)

Quinito disse...

abrazos señores -estupendo es essto.

K disse...

Inconstante, com estes gajos só ao tasco da esquina para passar o tempo porque também não servem para mais nada! (mudar? eu só quero mudar o visual! embora, e agora que mencionas isso, vi um template bem giro no wordpress)

Samuel, meu caro, que estamos com tanta piadinha que dá vontade de pôr-te os dedinhos dos pés mergulhados em ácido sulfúrico. Lamento desapontar-te, mas eu não bebo jolas e mal consigo dar um arroto em condições - algo que assaz me entristece. Estalos só na brincadeira (o Zorze é que tem a tara dos estalos em pleno acto sexual, não eu - é o que ele diz!). Já agora queres explicar melhor essa do dar uso ao bícepe? É que infelizmente, ou felizmente, a minha mente é demasiado pervertida e....pois...adiante!
Napalm fica-me bem! Muito bem!! Vou já juntar este novo galhardete ali junto do cocktail molotov, que é outra designação explosiva que me agrada sobremaneira!!!

Quinito, referes-te a esta conversa de loucos?!

Samuel Alabastro disse...

HAHAHAHA!

Os dedinhos dos meus pés derretem ácido! Estalos na brincadeira? Isso existe?!?
E juntar à Nitroglicerina?
Uso do bícepe? Essa é velha. Levantamento do caneco e lançamento da beata...parece-me que esses sãos os únicos desportos que praticas...

;)

K disse...

Samuelzinho, queriducho, e experimentares com um tijolo na tromba, não? Ou vais dizer-me que os teus dentes também partem tijolos, hummm? Vai na volta ainda conseguiríamos uma bela pintura abstracta, em tons de vermelho, pois claro, resultante da actividade lúdica!
Ai esse é o teu uso do bícepe?! Bem me parecia que não valias muito. Não mon cher, pensava mais em elevações e tal. E estalos a brincar são pequeninas patadas de carinho. É que por aqui somos um bocadinho retorcidas a demonstrar carinho. Ou é conforme para o que nos dá!

Samuel Alabastro disse...

K

Acho que umas sessões de terapia te faziam bem. Por que não vais a umas sessões em grupo? Aposto que há um programa de 12 passos para controlo de raiva e instintos de pedreiro! Vai na volta ainda consegues fazer mais arte a rebentar a boca ao pessoal e a decorar os passeios em tons de vermelho, do que a tirar fotos...mas se praticares mais com a máquina talvez, deixes de precisar de terapia, e ainda, ganhas a possibilidade de tirares umas fotos mais engraçadas...

K disse...

Já tentei. Porém, após 12 bocas rebentadas à tijolada a coisa não surtiu efeito e continuo a necessitar de terapia diária. Se quiseres sempre podes candidatar-te. Não só te ficará bem o gesto altruísta como contribuirás para a paz mundial uma vez que ficarás forçosamente calado durante uma larga temporada! Prometo que levo a máquina para guardar esse belo momento para a posterioridade, conquanto tenha para mim que a foto não fará jus à obra ao vivo e a cores.

E não é pedreiro pá! É trolha!

Samuel Alabastro disse...

Não tens hipótese! Eu uso açaime em aço! Em vez dos dozes passos, foi a melhor solução que encontrei...e os 12 passos, não eram 12 tijolos à boca de alguém. Acordas de manhã, vês a fronhazita no espelho e dizes para contigo própria: Eu gosto de mim e eu consigo socializar-me e integrar-me no mundo sem recorrer a talochas e baldes de cimento...

K disse...

Meu caro, não há nada que um maçarico não resolva! Vem cá à mamã que vais ver como te liberto desse aprisionamento a que te fadaste!

Mas porque é que hei-de largar o balde de cimento se dá tanto jeito para cimentar os pés de certas pessoas e fazê-las visitar os peixinhos no fundo do oceano/mar/rio/qualquer coisa com profundidade suficiente para encher os pulmões de liquido?!

Samuel Alabastro disse...

"qualquer coisa com profundidade suficiente para encher os pulmões de liquido?!!

Pode ser no teu charco?


Muhahahahaaaaaa! (som cadavérico)

K disse...

O meu charco é raso porque eu sou rasteirinha o que me obrigará a partir as pessoas a meio para que se possam afogar!

Target disse...

Não tenho opinião a dar? Ahahah

K disse...

Tu vais directo para o charco porque estou à espera da tua opinião há um ano ou mais!!!!

Cris... disse...

Xiiiii!
como isto anda, amiga.
Bem, eu volto depois.

ehehe

K disse...

Isto anda muito bem com o pessoal a divertir-se aos molhos. E eu com a minha preguiça habitual.

Volta sempre que és bem-vinda!