17 maio 2009

Caminhando

Lago Trasimeno - Umbria, Itália
Abril 2009


Este fim-de-semana gostei de viver o meu lar mais leve (ou seja, com menos merda inútil acumulada) e ligeiramente redecorado; de receber um abraço grátis em plena Santa Catarina a lembrar que é tão fácil mimarmo-nos uns os outros e que deveriamos viver em menos desconfiança; de redescobrir a minha casa de sandes predilecta que oportunamente reapareceu em Portugal e para meu gáudio abriu em plena baixa portuense (agora é rezar a todos os santinhos que não feche!); de me divertir a ver um programa popularucho na televisão apenas pelo gozo da crítica mordaz - o mau às vezes é muito bom; de rever em parte o filme Snatch e de gargalhar estupidamente na sequência de acontecimentos improváveis na cena do assalto à casa de apostas - lindo lindo lindo!; de voltar a cantar aquelas poucas canções que eu consigo não estragar muito; de confirmar mais uma vez que as pessoas entram na nossa vida por alguma razão e que é com elas, e através delas, que aprendemos e crescemos - ou isso sou eu que tenho que encontrar sentido em tudo; de me sentir mais equilibrada e racional, e relembrar-me que a vida se faz caminhando.

12 comentários:

PAULO LONTRO disse...

A vida faz-se caminhando... sem dúvida!
Este texto não deixa de ser atípico... ou se calhar, atípicos foram estes teus dias...

K disse...

Atípico em que sentido meu querido? É que eu continuo a reconhecer-me ali naquelas palavras. Sim, talvez estas últimas duas semanas tenham sido um pouco diferentes, talvez sinta em mim a mudança, talvez me veja em determinados aspectos diferente, contudo não ao ponto de considerar atípico...

PAULO LONTRO disse...

Atípico não na escrita mas no conteudo, talvez eu tenha captado que "...estas últimas duas semanas tenham sido um pouco diferentes, talvez sinta em mim a mudança, talvez me veja em determinados aspectos diferente..."...
Digo eu...
:)

K disse...

Hmmmm....andas a ler-me muito ou eu sou mesmo transparente! Continuo a não achar atípico, apenas um pouco diferente - igualmente conhecido como evolução!

LORENZO MONSANTO disse...

Das cosias pequenas que nem sempre valorizamos. Todas essas coisas que muitas vezes, fazemos por fazer, quase em modo "automático", quase sem darmos conta, e que no entanto, muito nos dão, muito nos constroem, muito nos preenchem aqueles momentos em que nos esquecemos de as fazer...

Caminhando...Um passo de cada vez. Que o tempo ainda é nosso.

K disse...

Lorenzo, há já algum tempo que aprendi a valorizar todas essas pequenas grandes coisas, pois são essas, que tal como dizes, muito nos dão e nos constroem, que nos preenchem e nos dão pequenos grandes momentos de felicidade e bem-estar. E quanto mais apreciarmos as pequenas coisas menos insatisfeitos nos sentimos, porque afinal o que nos faz realmente feliz encontra-se à mão de semear. Decidi não me esquecer porque me chateei de lamuriar sem razão.

E sim, a vida é isso, um passo de cada vez que nos vai levando mais além. E mesmo que por vezes paremos e estagnemos podemos sempre retomar o caminho.

Gostei que tivesses percebido.

Desinformador disse...

o snatch é um must!!!

e em versao star wars... um mimo, no youtube procura Snatch Wars!

Qual é a casa de sandes que abriu?

Quanto a tu encontrares equilíbrio em tudo... parece complicado... tu és uma desequilibrada mental! :P

K disse...

Des, tenho duas palavrinhas para ti: fode te!!!!!

(foi a subway)

Desinformador disse...

tb te quiero mucho guapa!!! ;)

K disse...

Ahahahahahhahah! Foi muito bem metida essa! Até me surpreendeste pá! ;p

Anche io, anche io! ;]

Dalaiama disse...

Miúda :p Acredita que tudo o que leio neste blog revela um ser humano muito incrível que tu és!
Curto mesmo muito a tua onda ;)
Ainda por cima escreves bem com'o caraças ;P
Fica sempre muito bem!!!

K disse...

OK puto!!! Obrigada puto!! É sempre uma honra ter o teu feedback. Fica muito bem tu também lindo!