12 novembro 2008

Hold my Hand

Porto
Abril 2008

6 comentários:

ó solemio disse...

olha lá tu andas meia assim desinspirada n?

Ana Alves disse...

O FCC09 apresenta o primeiro Encontro Nacional de Bloggers de Cultura e/ou Criatividade!!
Este evento, a realizar no dia 08 de Fevereiro de 2009, inserido nas actividades do FCC09 tem por objectivo, reunir a comunidade de criadores de blogues, relacionados com as áreas do Património, Museus, Arte, Cultura e Indústrias Criativas, e criar um espaço informal de debate, discussão e partilha de ideias e experiências.
O registo como Blogger pode ser feito no nosso site, em Escreva-nos/Registo, e dá direito a um "Pass Blogger", que permite a entrada gratuita em todos os dias do TEMPUS e da CONCEPTA.
Para efectuar o registo como Blogger, deverá possuir um Blogue na área da Cultura ou Criatividade e nele introduzir uma referência ao FCC09 e um link para o nosso site (www.inovaforum.org).

K disse...

Ui até parece que me comentei a mim mesma! ;p

Por acaso acho que já andei mais desinspirada....

Dalaiama disse...

Quando vi ontem a foto não quis ser logo o primeiro a comentar, até porque ia ser o mais previsível possível: simplesmente acho o menino com a xuxinha na boca uma ternurinha!!... =)))

Ao pensar em inspiração pergunto-me sobre a origem da palavra. A ideia está em que ao inspirarmos ar vai acontecer-nos qualquer coisa. Digamos que passamos a estar... inspirados. Ora, é um pouco estranho isso porque se inspiramos apenas trazemos para dentro de nós ar. Não introduzimos em nós ideias, nem emoções novas, nem movimentos mágicos do pensamento, nem dinâmicas ocultas variadas, nada. O ar em si é vazio de novas significações. Portanto, dizer que ficamos inspirados é quase sinónimo de dizer que estamos esvaziados...
Ou seja, afinal de contas, que porra é essa da inspiração?!?

K disse...

Ahahahah! Não sei se é da sangria branca - excelente por sinal - se é do recurso ao termo porra tão usual em mim, mas ri-me a bom rir! O que é isso de estarmos inspirados afinal? Porém, atente-se, a renovação de oxigénio, numa inspiração profunda, usualmente revitaliza o cérebro.

Contudo, o que mais apreciei, é essa já comum expressão em ti : não quis ser o primeiro a comentar! ;p

(pedimos desculpas por qualquer erro mas já 'tamos tocaditas...;p)

ó soLemio disse...

eheheh,

pensando bem na inspiração, para mim é muito simples (eheheh), inspiração é sinal de vitalidade, ha quem deixe de se sentir vivo pq anda desinspirado, n?

eu cá não vivo sem inspirar nem tampouco sem inspiração.

então, inspirar mantém o corpo vivo e a inspiração mantem a alma a fervilhar, o que me parece um mix necessário para ter o minimo de qualidade de vida garantido.

se andar desinspirada nem consido inspirar em condições, mas se conseguir inspirar bem fundo é porque ando inspiradissima.

e mesmo assim esta conversa dava para para exceder o limite de caracteres