01 outubro 2008

Mr Nice Guy

Tv. da Cedofeita, Porto
Hoje



E contrariamente ao que é usual em mim, dirigi-me serenamente ao senhor que se quedava no passeio ao sol e perguntei-lhe se o podia fotografar. Apenas porque achei que se enquadrava harmoniosamente com os graffitis atrás.

14 comentários:

Desinformador disse...

'...que se quedava...' ahora te pareces con una españolita guapa hablado! :P

e pediste a um cigano se o podias fotografar?

vaya tía... que tienes un par de cojones...

K disse...

Tendo em conta que eu não sei espanhol e que nem vou muito à bola com o espanhol e os espanhóis, a mim o verbo quedar soa-me bem a português....;p

Cigano? Não me pareceu cigano por acaso. Nem pensei no assunto. Além disso eu já fotografei ciganos. Esqueces-te que também trabalho no meio deles. ;]

Desinformador disse...

depois de chegar a Espanha e começar a falar espanhol, há certas palavras, expressõesm verbos e outras cenas que me soam a português arcaico. por isso, o 'quedar', soou-me a arcaico...

K disse...

Sim, eu sei, chegámos a falar sobre isso, porém quedar não é arcaico e continua a ser utilizado - só que não no vocabulário mais corrente. Contudo já me conheces o suficiente para saber que eu tenho uma verdadeira paixão pelas palavras. Principalmente as menos comuns e utilizadas. ;]

»bzi« disse...

esta é a grande foto do teu blog
um velhinho actual com aqule olhar e a gravata......... genial

K disse...

Sim, mas a foto ficou toda queimada :s as zonas claras quero eu dizer...o que também tem a ver com a falta de conhecimentos técnicos...e ficou melhor porque lhe dei um banho de photoshop!

zamotanaiv disse...

ia dizer que era a melhor foto que vi no teu blog. Mas só agora pela segunda vez que cá vim reparei na espécie de grão que aparece. e depois li sobre o banho de photoshop.
gostava de ver a original, hehe!
mesmo assim está muita boa.

há!
é na gravata que a aldrabice vem ao de cima!
quem deu o nó na gravata?

hehe! admito que bebi meia garrafa de tinto familia vallado.

PAULO disse...

O importante talvez não seja mesmo a qualidade da fotografia, o que valeu foi a tua atitude de "fotojornalista pop" que eu gosto tanto.
O boneco está excelente e foste tu que fizeste por isso.

(Já agora, para mim a foto mais interessante continua a ser uma na ponte D.Luis)

K disse...

Uma a preto e branco? Acho que sei qual é...

Sim, o que eu gostei mesmo mais foi da minha atitude! XD Gaja mais atadinha! ;p

K disse...

Zamot, quase que me esquecia de ti! Shame on me!
Isso de vires aqui gabares-te de beber do vinho que já me prometeste (ou que te fiz prometer) é muito feio pá! ;p

Pois, apesar do banho de photoshop gostei demasiado da foto para não a publicar. Tenho dúvidas quanto ao banho que dei, até porque não tenho assim tantos conhecimentos, mas na original quase não há contraste de cara e barba e camisa - branco branco branco! Tenho que comprar umas coisitas e lembrar-me de outras quando tenho o sol (aquele sol baixo de fim de tarde de outono) a bater de frente feito arma! O ideal seria não fotografar nestas condições, mas porra, não podia perder aquele senhor!

PAULO LONTRO disse...

A foto é a cores, tirada logo à entrada da ponte (nao sei de que lado), segue uma diagonal o ponto de fuga da foto.
Alguem no comentário te sugere que a coloques a p&b

K disse...

Hmmmm....já me perdi...arquivo please! ;]

zamotanaiv disse...

Tá linda!

A. disse...

o verbo quedar não me é nada estranho : ) e gosto muito de o ouvir e também acho que se encaixa perfeitamente na foto : ).

não esqueço quando estava com o avô e primos, em silencio, junto à fogueira, e nós a tentarmos mexer no lume e lá o avô soltava um "estejam quedinhos!". e voltavamos todos para o ritual de estar a ver simplesmente os madeiros a arder