26 agosto 2008

EU

Lá na santa terrinha
Agosto 2008

41 comentários:

Zorze disse...

Canhãozãorão de Navarone!!! (*, linda!)

K disse...

Ahahahahahahahah! És um tolo! Só tu para me bajulares tanto o meu ego pá. Porque é que tinhas que ser ocupado, hã? ;]

Zorze disse...

Porque sou inteligente e tenho uma atitude confiante perante a vida: junto o melhor de dois mundos! Além disso, aprendi muito a ver os filmes do Roco Sifredi!

K disse...

Sabes que com essa descrição de ti próprio estás a diminuir-me por não tar ocupada...

Zorze disse...

A propósito, o que faz ali o creme de barbear... o que estiveste a rapar?

Zorze disse...

Hmmm, já estou a ver: é um estilo de vida ;)

K disse...

Eu não tive a rapar nada meu caro. Quanto muito depilo. ;p E a que te referes com essa do estilo de vida?? (sabes que eu às vezes sou muito lenta...)

Zorze disse...

Estilo de vida como quem diz presença... se bem que os meus poderes visionários indicam outra coisa...

K disse...

Hã?!?! Agora é que fiquei completamente a leste!!

Zorze disse...

No Leste são imberbes pelo que ouço dizer...

K disse...

Imberbes há por todo o lado...são mais que às mães e começam a exasperar-me. Homem que é bom é raro de encontrar.

Zorze disse...

Importa um filipino :)

K disse...

Mas isso não fica a leste?

Zorze disse...

Foda-se, tu que és toda manienta não tens um caralho de um GPS no telemóvel, pá?

K disse...

Eu?!?! Manienta?!?! Mas estás a confundir-me com quem caralho?! Até me obrigas a falar mal. GPS no telemóvel...tá...o telemóvel só o mudo quando der mesmo o berro que tenho mais que fazer com o dinheiro. (e afinal para que é que preciso do GPS??)

Zorze disse...

És manienta, sim! Por exemplo, antes de entrar num restaurante ou café olhas sempre para as tuas mamas - vai-se lá saber pq?

K disse...

Ahahahahahahahahahahahahahahahhaahahah! Nunca reparei em tal coisa. mas lá que sou vaidosa sou. Mas não manienta pá! E não posso gostar delas, não?

Zorze disse...

Mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas, mamas...

K disse...

Ahahahahahahahahahahahahahah! És um taradão pá! Cura-te!

Desinformador disse...

E só não olha para o rabo porque não há um espelho à mão!!! :P

Mas o Zorze tem razão, és manienta sim!

Zorze disse...

Gosto deste Desinformador!

K disse...

Des, quem te disse que não olho para o rabo? Não há espelhos mas na rua há muita coisa a fazer reflexo! Ahahahahahahahahahahahah! ;p

E o Zorze não tem razão nenhuma porque o Zorze não sabe o que diz, o que aliás se vê pelo seu último comentário!

E mais! Tenho duas palavras para vocês: ide bos! eheheheheheh

kiss kiss para vocês os 2 tolinhos

Desinformador disse...

Mas e o que raio faz um pincel para barba nesta foto? É teu? Ou aproveitaste de um campista desprevenido?

Desinformador disse...

Quanto aos reflexos já imaginava, basta ver muitas fotos tuas, que se baseiam neles! :P

Zorze disse...

Reflexos na Praia do Meco é que era, amore mio!

K disse...

Amore mio, lamento mas na praia do meco não há reflexos. Todavia existem alguns homens que, 'tadinhos, nunca viram uma mulher à frente e algumas pessoas com umas quantas parafilias...ocasionalmente aquela praia assusta principalmente para quem, como eu, está na paz do senhor e metida com os seus botõezinhos. ;p

Des, mas que raio me impede de tirar uma foto onde por acaso se encontra um pincel para a barba?!?! Porque é que havia de ser meu senhor!? Sim, eu gosto muito de refelxos e já ponderei internar-me por vaidade extrema (que até a mim me mete nojo caroço!)

N.R.: a foto foi tirada na casa dos meus avós paternos. esclarecido?

Zorze disse...

Então o pincel é do teu avô! Agora sim, faz-se luz!

hole in my vein disse...

um dia vi uma pessoa atirar fotos no metro a uma parede. Lambrei-me que poderias ser tu! não eras! :) mas por tua causa ando sempre a ver paredes!!!!! já vi uns engraçados que certamente fotografarias!
já agora, se me permites, tens mau feitio (dizes tu) mas até que és gira!!!! :) valha isso pelo menos! (é uma graçola)

A. disse...

ena que gira esta foto!
que lembranças me trouxeste do meu avozinho a fazer a barba, na rua, junto ao poial caiado

K disse...

Hole, ainda bem que isso é apenas uma graçola ou começarias a perder pontos na minha consideração...;p De qualquer modo agradeço o elogio à minha fisionomia (mas não te esqueças que as fotografias também podem enganar!).

A., gosto que tenhas gostado (a ti agradeço o elogio à foto ;]). A terrinha e todas aquelas coisas esquecidas dão-me imenso gozo fotografar. É como se momentaneamente fossemos teletransportados para uma outra época, como se a pudessemos respirar...tem qualquer coisa de mágico cuja explicação me escapa. E ainda bem que te trouxe boas recordações! ;]

zamotanaiv disse...

Lindo!
Granda literatura!
Gosto mesmo!

K disse...

Hmmm....gostaste mesmo da foto, dos comentários, ou de tudo?

zamotanaiv disse...

Gosto da conversa, muito divertida, a foto também gosto e também acho graça o vislumbre parcial de quem és. Estou com a ultima frase do hole in my vein...

K disse...

Pronto, eu agora vou ficar conhecida como a-gaja-que-tem-mau-feitio-mas-que-até-é-gira-valha-nos-isso...;p but thank you, thank you.
Sabes que este blog há muito que perdeu a compostura e que se tornou uma rebaldaria de amena cavaqueira. E isso sabe tão beeeemmmm! E o que ainda sabe melhor é ver que os visitantes gostam tanto quanto eu. ;]

Dalaiama disse...

POis, és bem gira sim!..
E isso deve-te orgulhar, porque o invólucro reflecte o conteúdo.
;-]
A fotografia em si é afectuosa, parece ter sido tirada num momento bonito de equilíbrio interior, de paz e satisfação. =-]

K disse...

Ah meu caro Dalaiama. Presumo que saibas bem que nem sempre o invólucro condiz com o conteúdo...mas sim, prefiro acreditar que me torno mais interessante pelo que deixo transparecer do meu interior e personalidade. Quanto às condições em que a fotografia foi tirada...foi mais a tentar chegar a esse estado do que propriamente estar nele...

[A] disse...

eu cá acho que és uma feiosa,
enquanto continuar à espera da tua visita.
;)



agora a sério,quero tranformar uns desenhos meus em stencil para colocar numa parede lá na loja. precisava de umas dicas sobre a técnica ou que me indicasses alguém aqui no Porto que o pudesse fazer. can you help me?

K disse...

Também não é preciso exagerar mulher! ;p Pois, realmente estou a dever-te...mas tens que me dizer as horas exactas em que costumas estar que eu uma vez passei (já não sei quando) e não estavas.

Olha, melhor. Eu hoje não sei se consigo que vou para Lisboa, mas quando puder envio-te um mail para combinarmos melhor, ok? Eu sei umas coisitas e o que não souber pergunto ou chamo ajuda. ;] kiss kiss

Anónimo disse...

depois de ver esta foto toda a minha concepçao do que é era um ombro mudou

Anónimo disse...

ha ombros e ombros, ha ir e voltar, quem me dera afogar nesse mar

Anónimo disse...

agora a serio para alem do explendor do ombro a carga erotica da presença ausencia masculina funciona muito bem. agrada me este lado biografico da coisa.