20 junho 2008

AAAAHHHHHHHHHHH!

Hamburgo
Junho 2008

Em Hamburgo um dos meios de transporte mais utilizados é a bicicleta. Há bicicletas por todo o lado, de vários tamanhos e feitios – incluindo algumas menos comuns assim para o estilo easyride ou mesmo para se ir quase deitado, para a menina e para o menino, e para a família inteira, com cadeirinhas e cestinhos e até decoradas. Chega a haver, inclusive, ciclotráfego. As ciclovias, essas, encontram-se em toda a cidade sendo que maioritariamente estão localizadas no passeio. Ora, aqui está o busílis da questão. É que para quem não está habituado a tal, como qualquer bom portuga, é fácil metermo-nos no seu caminho, o que pode facilmente despertar a raiva dos ciclistas, acompanhada com o barulho estridente e impaciente das suas campainhas, e pode em último caso dar origem a um aparatoso atropelamento por duas rodas. É que a prioridade é deles e eles vão a abrir sem dó nem piedade.

(eu, gracinhas ao senhor, seja lá ele quem for, até estava mais atenta para questão, não só por me já ter familiarizado antes com este género de ciclistas kamikaze em Gent (Bélgica), mas também porque foi das primeiras advertências que o Victor, um dos meus anfitriões, me fez)

4 comentários:

Dalaiama disse...

Maravilha! Eu estava mesmo à espera de que retornando da Alemanha tu ias trazer contigo mais uma bela colecção de fotografias :-p Fixe!

Desinformador disse...

tou a ver que ias sendo atropelada por uma avalanche de bicis!!!

lol... se nao podes vencer, aprende a andar de bike e junta te a eles!!! :P

K disse...

Dalaiama, esforçamo-nos para isso (embora nem sempre fique bem como queremos) ;]

Des, não porque estava atenta. Escusavas era de divulgar a minha vergonha em público pá!! Bah para ti! ;p

Desinformador disse...

K deixa lá isso... eu não sei nadar! cada um tem a sua vergonha para carregar!