27 outubro 2007

viagem ao admirável mundo novo

Malasaña, Madrid
Julho 2007

2 comentários:

Zorze disse...

Brilhantes estes comprimidos de felicidade demente destinados às castas de alfas, betas e epsilões de Aldous Huxley; quanto a mim, um exercício mais notável do que o grande 1984 do Orwell! Tocando na escrita, essencialmente - mais dinâmica, imaginativa e ousada!

K disse...

Se tu não comentasses este post acho que te matava!! Sim, que ele foi feito a lembrar-me de ti. ;]
É certo o que dizes, mas eu mantenho a minha opinião, continuo a preferir o Orwell que descreve com mais precisão a condição humana.