07 março 2007

Esbatido

Bairro Alto, Lisboa

2 comentários:

Zorze disse...

Quantos não existirão junto das portas de tantos portugueses?

Paulo Fernando disse...

Por detrás dos concretos os sentimentos afloram. O que brotou com sangue e suor, torna-se morada para tantos outros que deram seus sangue e suós por outras construções, não tão concretas assim.