06 novembro 2006

One and Only

Brugge, Bélgica
Bruges é uma cidade cujo centro se encontra irrepreensivelmente conservado e por vezes nos transporta para outras épocas com as suas casas do século XVII, as charretes que se passeiam, os seus canais (e os seus deslumbrantes reflexos), e que, pelo menos na zona mais centro e imediações, tem pouquíssimas intervenções urbanas. Além de alguns stickers sobreviventes em postes de sinais, este enternecedor e pequeníssimo stencil foi o único que encontrei. Nem cartazes publicitários se viam. É certo, e já sabido, que eu não aprecio toda e qualquer intervenção urbana e que penso haver excesso de publicidade nas grandes cidades, contudo às páginas tantas senti-me a andar num meio esterilizado e sem vida.

1 comentário:

andrezero disse...

ouvi um comentário semelhante acerca da finlândia.... por lá, impera um socialismo muito científico e aparentemente muito higiénico